Contra 'babaquices', Daniel Alves pede para seleção 'abraçar de coração' a causa de Dunga

Autor do gol de empate por 2 a 2 aos 46 minutos do segundo tempo contra o Paraguai, na última terça-feira, em Assunção, o lateral direito Daniel Alves acredita que a seleção brasileira precisa estar ainda mais "fechada" com o técnico Dunga.

Para o jogador do Barcelona, a filosofia de jogo dos clubes não pode ser maior do que a causa defendida pelo treinador da equipe pentacampeã.

0 comentários: